avatar

4 de abril de 2014

#SailorDay: o histórico dia do lançamento do mangá de Sailor Moon no Brasil

O sábado de 29 de março de 2014 vai ficar para a história! Nesse dia foi realizado um evento da Editora JBC para o lançamento do mangá de Sailor Moon. Quer saber como foi esse dia mágico? A gente conta como foi! ^.~

evento01

Sailor Moon é o último grande blockbuster japonês que ainda não tinha sua versão em quadrinhos publicada em solo brazuca. Desde junho do ano passado, quando o título foi anunciado pela JBC, durante o evento Henshin+ 2013, os fãs puderam acompanhar de perto o andamento do trabalho da editora pelos Diários Sailor Moon e pelas informações complementares lançadas nos #SailorDays,  num trabalho de divulgação e aproximação com o público inédito no país. Quando o grande dia finalmente chegou, além da animação e do fim da espera de anos, ficou a curiosidade para conhecer o resultado desse ano de tanto trabalho.

O lançamento aconteceu em São paulo, no auditório da Saraiva Megastore do Shopping Center Norte, que acabou ficando pequeno para tantos moonies animados. A celebração começou antes mesmo do horário da palestra do Henshin+ 2014, com a confraternização dos fãs que acabavam se de conhecer, se reencontravam ou vibravam a cada cosplay, com direito a muitos flashes. Uma coisa foi constante: o crescimento da fila! Afinal, todos queriam garantir seu espaço para presenciar esse momento histórico!

Com um auditório muito mais cheio do que o previsto (cerca de 400 espectadores), a palestra iniciou um pouco após às 14h com um vídeo recapitulando o último ano de trabalho e as conquistas da JBC. Depois foi a vez do Tuxieditor Cassius Medauar, acompanhado dos colegas Rodrigo Pelaes, assistente de marketing, e Marcelo Rodrigues e Thiago Nojiri, assistentes editoriais, falarem um pouco.

evento02

Na palestra, foram mencionadas a liberação e a aquisição dos direitos de publicação do mangá, além dos bastidores da produção. Entre as curiosidades, Marcelo disse que um dos fatores que contaram a favor da JBC na disputa pelos direitos foi o excelente trabalho desenvolvido com a republicação de Card Captor Sakura.

Outra informação interessante foi que, de todos os mangás que já foram publicados, Sailor Moon foi o que veio com o material mais organizado e todas as trocas de e-mails sobre aprovações de cores sempre foram muito detalhadas, tornando o trabalho direto e preciso. Fecha bem com a imagem de perfeccionista que temos da Naoko, não é mesmo?

Quanto à tradução do mangá, uma das coisas que estavam decididas desde o início era a utilização dos nomes originais japoneses (para a nossa alegria), no entanto a exclusão dos honoríficos foi um detalhe bastante discutido nos bastidores, devido à carga cultural que carregam. Por fim a editora optou por não utilizá-los, abrindo duas exceções para os casos de “V-chan” e “Mamo-chan”, para que o título possa cair nas graças de um público maior.

No lugar de Mamo-chan, algumas das possibilidades eram “Mamoreco” ou “Mamorzinho”, embora possam parecer estranhas à primeira vista, esses apelidinhos são tão bregas que são a cara da Usagi xD eu não reclamaria se visse um deles no mangá. Além disso, outros nomes carinhosos, como “Usako”, serão mantidos e, em resposta a uma pergunta da platéia, Thiago afirmou que as expressões utilizadas nas dublagens brasileiras como “cabecinha de vento”, “cara de lua cheia” e “bombom” serão usadas em outros momentos da história.

Uma boa notícia que Rodrigo nos contou foi que os japoneses ficaram tão satisfeitos com o trabalho de divulgação do mangá que a Naoko liberou ilustrações dos artbooks exclusivamente para a JBC utilizar para criação de material promocional. De quebra a editora japonesa e a autora ainda pediram alguns mini-pôsteres e marca páginas para guardarem de recordação. Dá-lhe JBC, mostrando ao mundo como fazer um trabalho bem feito com a marca!

Graças a esse trabalho bem feito é que todos os moonies presentes no evento receberam marca-páginas exclusivos de brinde! Chique, né? E mais chique ainda é que Sailor Moon estará dando o ar da graça nos carros da linha azul do metrô de São Paulo até o final de abril! *-* Quem achar precisa tirar uma foto e enviar para a gente!

Para finalizar a parte “séria” da palestra, a JBC apresentou esse vídeo com o passo a passo da produção do mangá:

Na parte divertida, tivemos a presença de Dani Manc, da banda Gaijin Sentai, cantando temas do anime (Moonlight Densetsu, Golden Queen Galaxia e Heart Moving), além de um disputadíssimo concurso de cosplay!

A presença de tantos moonies nesse evento, mesmo muitos anos após o fim do anime na TV brasileira, mostra a força dos fãs de Sailor Moon! Mais uma prova de que o problema não é que a marca não tem espaço no Brasil, mas que deve ser bem trabalhada. Que a realização desse sonho de ter o mangá publicado em português abra portas para mais lançamentos e produtos lunares!

Por fim, a equipe da JBC está de parabéns pelo excelente trabalho feito nesta calorosa recepção aos moonies. Já está registrado na história!

 

Fotos: Clarisse Meirelles, Mariana Santarem e Michele Bernardes

7 Responses to “#SailorDay: o histórico dia do lançamento do mangá de Sailor Moon no Brasil”

  1. avatar Digo disse:

    Emocionante participar de mais um passo de Sailor Moon por aqui, ainda mais em uma data historica como esta. O evento foi fantastico, divertido, revi pessoas queridas e claro que finalmente como todos, pude conferir a beleza da edição brasileira! A JBC realmente está de parabens pelo empenho, e como o citado no texto, isso mostrou que Sailor Moon tem força sim no Brasil!

  2. Só lembrando que o “Mamorzinho” e “Mamoreco” são mais brincadeiras internas nossas. A gente ia achar muito engraçado, claro, mas é meio difícil, de fato, publicar esses nomes.

    (o que não impede a gente de sempre dar risada quando falamos isso na Redação… pq a gente trabalha sério, mas tbm é bem besta, hehehe)

  3. avatar Miguel Carqueija disse:

    Tudo espetacular. Excelente a notícia do metrô. Ah, eu conheço a Clarisse Meirelles pessoalmente, dos encontros de mangás e animês no Rio. Um beijo para ela.

  4. Sem palavras pra agradecer JBC por todo o esforco 🙂 Minha amiga em Sp comprou pra mim e logo logo chega aqui em NY! Mal posso esperar 🙂 Obrigada a todos do portal pelo trabalho excelente sempre! <3 SM

  5. avatar Sailor May disse:

    Pra gente que mora longe e tava sem um dinheirinho sobrando ficou aquela pontinha de tristeza por não poder ir… Mas a alegria por saber que um evento tão especial foi realizado em nome de nossa Princesa da Lua supera qualquer coisa! Obrigada JBC por essa homenagem tão maravilhosa para Sailor Moon e para os fãs e obrigada SOS por nos dar a cobertura completa do evento!

  6. avatar Alize Leal disse:

    Eu gostei muito de terem lançado, mas estou muito decepcionada com a JBC.
    Ainda não chegou aqui no Rio de Janeiro. Nem em livrarias, muito menos nas bancas!

  7. […] pôde ser conferido no lançamento do mangá, dia 29/3. O evento reuniu centenas de moonies emocionados, a grande maioria com cosplays da […]