avatar

2 de outubro de 2012

+shoujo: conheça a lendária anja do amor, Wedding Peach!

Se eu pudesse resumir Ai Tenshi Densetsu Wedding Peach (Lendária Anja do Amor Wedding Peach) em uma frase, ela seria: SAI CAPETA, PORQUE O AMOR É MAIS, MUITO MAIS! A série criada para concorrer diretamente com Sailor Moon foi um dos grandes sucessos dos anos 90, mas vamos ser sinceros: a primeira impressão é de repudia.  “Como as moças lutam de vestidos de noiva?”, “Que porra é essa?”.

Muita calma, paciência e persistência nessa hora. De fato, o começo é uma esquisitice só. O primeiro tema de abertura é odioso, a animação é fraca, as personagens não têm tanta consistência e ainda lutam de saia comprida. Uma coisa desengonçada e sem graça.

Mas à medida que você passa dos 15 primeiros capítulos, tudo muda de figura. Talvez porque você já se acostumou com a bizarrice, porque as meninas começam a ficar mais interessantes, e principalmente por darem mais ênfase às cenas de ação na forma de Fighter Angel, com roupas de guerreira. Vai saber. Daí, graças aos relacionamentos, às coberturas engraçadas do jornalzinho da escola onde elas são repórteres, às personalidades conflitantes e à trama que fica cada vez mais exorcizante, a série desenvolve um carisma particular, batendo de frente com Sailor Moon SuperS e – me atrevo a dizer – descendo um pau nela.

As anjas do amor entram em ação!

Wedding Peach é um mangá criado por Nao Yazawa e Sukehiro Tomita (o diretor de Sailor Moon – tcharam!), publicado na revista Ciao, da editora Shogakukan. Ele gerou seis volumes com uma história um pouco diferente do anime, menos comercial, com as meninas desenhadas mais baixinhas e gordinhas e trajes de batalhas mais simples até a estreia do anime. A animação, de 51 capítulos, foi produzida pela KSS de Pokémon e veiculada na TV Tokyo de abril de 1995 a março de 1996. As semelhanças com Sailor Moon vão além do diretor, pois o design dos personagens é  feito pela queridinha Kazuko Tadano, também responsável pelas fases Classic e R.

A batalha entre o céu e o inferno já foi retratada de muitas formas. Nos livros, em filmes, séries, novelas e até nos animes. O que parecia impossível nessas diferentes mídias – pelo menos na época pré-Fallen – ocorreu em Wedding Peach: uma jovem demônia se apaixonou platonicamente por um anjo. O pobre coitado mal sabia da existência dela e já estava prometido a uma anja, com quem se casou. Ódio, amor, cobiça. Esse turbilhão de sentimentos transformou a rejeitada em Reine Devila, a Rainha do Mundo dos Demônios, com sede de sobra para matar todos aqueles que sentissem qualquer forma de amor. 

Os anjos foram os primeiros da leva e a batalha foi brutal, com mortos e desaparecidos em ambos os lados. Entre eles, três lendárias guerreiras e o poderoso demônio Uragano. A batalha obrigou a rainha dos anjos Aphrodite a enviar o “Saint Something Four”, sua arma mais poderosa, para a Terra. Para quem não sabe, há uma tradição que diz que no dia do casamento a noiva deve usar quatro acessórios para dar boa sorte: algo novo, velho, azul e emprestado. Essa é power bazooka da série (pfff).

Voltando: cerca de 13 anos depois, a batalha tomou rumo para o plano dos homens e é aí que entram 3 meninas para começar a busca pelas quatro peças que acabarão de vez com essa guerra. Momoko Hanasaki, Yuri Tanima e Hinagiku Tamano são as estudantes que se metem na briga para impedir que as pessoas tenham seu amor destruído. Na primeira metade da história, Aphrodite lhes pede para transformarem nas Lendárias Anjas do Amor Wedding Peach, Angel Lily e Angel Daisy e procurarem os quatro objetos. Os próprios demônios também estão atras deles a fim de destruí-los, já que são o  símbolo maior do amor.  

Nas batalhas, as meninas se transformam inicialmente em noivas e depois em guerreiras. As transformações e os poderes são totalmente barangos e longos, mas nada que atrapalhe a diversão se você tem o poder da tecla ‘foward’ em suas mãos. Quando o bicho pega, elas recebem a ajuda do galante anjo loiro Limone, um tipo de Tuxedo Mask por quem se apaixonam freneticamente.

Na segunda metade a coisa engrena para valer. Embalada pelo tema Wedding Wars, a quarta Ai Tenshi, Angel Salvia, não quer saber de nada a não ser matar e aniquilar pazuzus. A sequência dos capítulos finais é uma das mais interessantes,  bem no estilo de Sailor Moon Classic, quando acontece a briga entre Sailor Moon e Tuxedo Mask. Sente o clima:

Mas até parece que Wedding Peach é só isso. Quem curte anime de comédia vai se divertir bastante com as atrapalhadas de Momoko, a pseudo-hipster Yuri e até a sacana Hinagiku. Romance também não falta. A série forma os três casais principais do vídeo, com muitos rubores, beijos e sentimentos aflorados. Tanto nos LDs quanto nos DVDs foram acrescentados especiais de 15 minutos, colocando as meninas cantando, em situações escabrosas e zoando séries como Gundan, EvangelionDragon Ball, Street Fighter e tokusatsus da vida.

Depois da exibição na TV, quatro capítulos foram lançados diretamente em vídeo na série Wedding Peach DX (Deluxe). Mais voltada para o público masculino, ela conta a história das meninas após a batalha contra Reine Devila, um material de qualidade, na medida certa para satisfazer e presentear os fãs que acompanharam a série no último ano.

Wedding Peach fez um estrondo na Alemanha, Itália e Hong Kong, mas passou batida aqui no Brasil. A Animax Extra foi uma das primeiras a mencioná-la, naquela mesma edição especial com matérias e pôsteres gigantes de Sailor Moon e de Guerreiras Mágicas de Rayearth. Dizem as más línguas que os primeiros episódios foram dublados e lançados em VHS pela Flash Star na época em que Sailor Moon chegou às locadoras. Eu procurei… procurei… Sem sucesso. Então não confirmo essa informação. Infelizmente, nenhuma emissora se interessou pelas noivas lutadoras. Nos EUA, as meninas fizeram sucesso velado. Tanto o mangá quanto o anime foram lançados, o primeiro pela VIZ e o outro pela ADV Films.

Se você curte Sailor Moon, impossível não assistir a essa animação. Se vai amar ou odiar é outro assunto, mas pode ter certeza que você vai se cansar de ouvir a Momoko gritando “Yousukeeeee” mil e uma vezes.

Personagens principais

Momoko Hanasaki / Wedding Peach

Aniversário: 03/03/1983
Idade: 12-13 anos
Tipo Sanguíneo: O
O que mais gosta: hora do almoço
O que menos gosta: Geografia (não tem senso de direção e sempre acaba se perdendo)
Comida Favorita: sorvete
Cor Favorita: rosa
Hobby: fotografia
Família: Syouichirou (pai) e Sakura (mãe)
Seiyuu: Hikami Kyoko
Apelido: Momo-Pi

Meio humana, meio anja, a menina de cabelos rosados recebe o Saint Mirror para transformar-se em Wedding Peach. Sua mãe morreu quando ainda tinha 5 anos e deixou para ela um antigo anel vermelho, em formato de coração, que emana ondas de amor. Ela é meio burrinha, mas nem tanto como Usagi. Pode-se dizer que é ingênua, cheia de vida e brincalhona. Como seu pai, adora fotografias e é a fotógrafa oficial do jornalzinho da Escola Sei Hanazono. Ela nasceu no dia 3 de março de 1983 e é do sangue O. Como tiete, é apaixonada pelo capitão de futebol Yanagiba Kazuya. Sempre que Momoko vai tentar falar com ele é impedida por Yousuke Fuuma, o goleiro do time. Ela o odeia, mas mais tarde se apaixona por ele (isso lembra algo?)…

Frases de Transformação:

Wedding Beautiful Flower! (em noiva)
Wedding Change, Oironaoshi! Angel Amour Peach! (em guerreira)

Poderes:

Saint Operation Tempete! (TV)
Saint Mirroir Bridal Flash! (TV)
Saint Crystal Love For You! (TV)
Saint Feather Impulse! (OVA)
Saint Granade Crystal! Love for You! (OVA)

Yuri Tanima / Angel Lily

Aniversário: 07/07/1982
Idade: 12-13 anos
Tipo Sanguíneo: A
O que mais gosta: Inglês e música
O que menos gosta: biologia
Comida Favorita: pudim
Cor Favorita: azul claro
Hobby: tocar piano
Família: Tanima Ryuzou (pai), Tanima Elena (mãe)
Seiyuu: Nogami Yukana
Apelido: Yuri-chan

Yuri é uma menina linda e delicada, filha de uma costureira que faz belos vestidos de casamento. É de família rica e por isso é a lady em pessoa. Mas o fato de ser delicada não a impede de ter o gênio forte. Se ela quer uma coisa, ela consegue, mesmo com sua voz fininha. Quando está brava então, sai de baixo. Ela assusta. O fato é que Yuri se apaixona loucamente por Limone e por Yanagiba Kazuya, mas as outras meninas também… o que fazer? O pau vai comer! Yuri nasceu no dia 7 de julho de 1982 e tem o sangue tipo A. Ela também participa do jornalzinho da escola, mas como repórter. Com seu Lip Liner (batom), ela se transforma em Angel Lily, para mim, a mais legal de todas!

Frases de Transformação:

Wedding Graceful Flower! (em noiva)
Wedding Change, Oironaoshi! Angel Precious Lily! (em guerreira)

Poderes:

Saint Lip liner Lily Rainbow! (TV)
Saint Straw Stardust! (TV)
Saint Spiral Whip! (OVA)

Hinagiku Tamano/ Angel Daisy

Aniversário: 05/05/1982
Idade: 12-13 anos
Tipo Sanguíneo: B
O que mais gosta: Educação Física
O que menos gosta: Matemática (Ela é muito impaciente)
Comida Favorita: sushi , syabusyabu
Cor Favorita: verde
Hobby: Artes Marciais
Família: Masahiro (pai), Akemi (mãe), Akira (irmão)
Seiyuu: Miyamura Yuko
Apelido: Hinako

Hinagiku é a poderosa Angel Daisy. Essa aí luta que é uma beleza, faz parte do clube de judô e adora falar um linguajar mais chulo, de moleque mesmo. Mas tirando esse jeito tomboy, ela é uma amiga e tanto. Nascida em 5 de maio de 1982, ela mora com seus pais e irmão, donos de uma floricultura. Ela tem o sangue tipo B e também participa como repórter do jornal da escola, principalmente cobrindo os eventos que seu amado Yanagiba-sama participa. Apesar disso, ela tem uma quedinha por um nerd da escola, um amigo de infância que mais tarde faz um pacto com o demônio e será muito importante para a trama da história. Ela se transforma usando um relógio de pulso.

Frases de Transformação:

Wedding Atracttive Flower! (em noiva)
Wedding Change, Oironaoshi! Angel Courage Daisy! (em guerreira)

Poderes:

Saint Pendule Daisy Blizzard! (TV)
Saint Tornado Dreaming! (TV)
Saint Rolling Boomerang! (OVA)

Scarlet O’Hara / Angel Salvia

Aniversário: 03/11/1981
Idade: 13-14 anos
Tipo Sanguíneo: AB
Matérias que gosta: Inglês e Matemática
Matérias que não gosta: Japonês e História Japonesa
Comida Favorita: pizza e lasagna
Cor Favortia: violeta
Seiyuu: Imai Yuka

Salvia é um anjo puro que veio à Terra para matar todos os demônios e vingar a morte de sua amiga Brigia. Ela assume a identidade de Scarlet O’Hara (o nome é o mesmo da personagem de ‘O Vento Levou’) e se torna uma estudante muito famosa em sua escola. Mas ela não quer papo com ninguém e nem se aliar às outras Ai Tenshi. Mas conversa vai e conversa vem e ela acaba se tornando uma grande amiga das três, como uma irmã mais velha. Mas nada a impede de ser a primeira na linha de batalha contra os pazuzus.

Frases de Transformação:

Wedding Excellent Flower! (em noiva)
Wedding Change, Oironaoshi! Angel Passionate Salvia! (em guerreira)

Poderes:

Saint Pure Sword! Jounetsu Cake Cut! (TV)
Saint Pure Sword! Bridal Fire! (TV)
Saint Twin Sword! (OVA)

 

Jama-P é o mascotinho da equipe. Ele era um demônio servo de Pluie, o primeiro enviado de Reine Devila. Foi purificado por Peach e mora com ela.

Principais vilões

Reine Devila (da esq.) – Mestra soberana do Mundo dos Demônios. Seu corpo foi consumido pelo ódio e por isso metade dele se transformou em vinhas de espinhos que a prendem em seu castelo.

Pluie – É o primeiro enviado dos demônios na caça pelo Saint Something Four. É um bom espadachim e possui a capacidade de disparar energias das trevas em seus inimigos. É o único demônio que se apaixona e por isso é morto por Devila.

Aquelda – Dinheiro, dinheiro, dinheiro! Isso é tudo o que ela pensa! É a segunda enviada, dominadora das águas e de cabelo azul. A voz da personagem é da nossa querida Fukami Rika, a loirinha Sailor Venus.

Sandra (cabelo verde) – Apesar do nome de mulher, na verdade ele é homem mesmo. Também é um demônio da tribo do fogo. É o mestre de Blitz (cabelo vermelho), Noise (roxo) e Cloud (bege), as vilãs que descobrem o paradeiro de três das peças do Something Four. 

Iguneous – É um nobre demônio da tribo do fogo. Ele possui o corpo de Takuro, o amigo de infância de Hinagiku, e faz um pacto com ele. Tem uma relação íntima com Potamos, que o chama de I-sama.

Potamos – É a vilã mais engraçada da série, um duplo de personagem de menina boa e má. Se apaixona por Yousuke, o que a faz ter conflitos diretos com Momoko em sua forma disfarçada de estudante. Ela também é a guerreira que manipula água e gelo. Ao ser purificada pelo Saint Something Four, se torna uma estudante comum. Potamos ficou tão famosa que participou de dois especiais da série, o primeiro, o-make em que ela se transforma na quinta Ai Tenshi, Angel Potamos, e o segundo em Wedding Peach DX. Sua voz é a de nossa querida Mitsuishi Kotono, Sailor Moon!

Petora – Ele precisa sugar a energia dos humanos para recuperar sua verdadeira força. Ao longo dos capítulos ele faz cada palhaçada que dói de rir. É um Bruce Lee endemoniado. 

Viento – Filho de Uragano com uma mulher humana. Viento é nada mais nada menos do que Yousuke. Ele é um dos mais poderosos vilões que as meninas enfrentam, mas no fim dá tudo certo e ele volta a ser do bem para enfrentar Devila pau a pau na batalha final.

Se você conseguiu a proeza de ler a matéria toda, parabéns! Merece um prêmio! Que tal uma imagem exclusiva da Momoko feita pela criadora Nao Yazawa especialmente para o SOS Sailor Moon!? Uma homenagem a todos os fãs brasileiros. Tamo chique, bem! A autora é superacessível, uma fofa, responde a emails regularmente e mantém um site pessoal e uma Fanpage com atualizações sobre os seus trabalhos e principalmente os bastidores da época de WP.

23 Responses to “+shoujo: conheça a lendária anja do amor, Wedding Peach!”

  1. avatar Fernanda disse:

    Eu estava procurando alguém que conhecesse Weeding Peach! *—-*
    Li um pouco do mangá, mas não achei a continuação para baixar… :s

    E o anime, mais difícil ainda. ='(
    Mas eu achei bonitinha a história, meio bobinha, mas bonitinha! ^^

  2. avatar felipe disse:

    amei, vou baixar 🙂

  3. avatar karol disse:

    Esse “Iguneous” NEM parece o Olho de Águia né? hahahahaha

  4. avatar Tadeu de Barcelos Ferreira disse:

    Fernanda, pode assistir pelo just dubs, um site só com animes dublados que lá tem todos os episódios funcionan de boa. Ah, um detalhe: recomendo MESMO ver a versão com a dublagem americana, que é uma das melhores que vi e que supera a versão original japonesa, sem dúvidas! Quanto ao anime, pode assistir que eu recomendo!

  5. avatar Odango disse:

    Caraca, maluco! Agora o pessoal do site se puxou. Desenterraram um clássico dos anos 90… Bons tempos… *rolleyes*

  6. avatar Laryssa disse:

    Ohayo!!!! Eu adorei a matéria sobre Wedding Peach!!!! Eu já sabia que ele tinha sido feito para competir com nossa querida Sailor Moon, mas eu vi Seus 30 primeiros episódios.
    Eu também achei que os 12 ou 13 primeiros episódios são sem graça, mas os próximos melhoram, pena que ainda não cheguei na parte do Yousuke mal, :(!!!!
    Adoro o Site!!!
    Kissus!!!!!

  7. avatar Moonie disse:

    Scarlet O’Hara

  8. avatar Moonie disse:

    Scarlet O’Hara,é bem parecida com a Neptune..

  9. avatar Andre Luiz disse:

    muito obrigado a sos sailor moon por compartilhar este anime, não sabia da sua existencia, mas é legal, pelo episodio que vi um pedaço do justdubs, muito obrigado pelo Tadeu que indcou esse site, mas infelizmente não entendo inglês 🙁 , não teria um site que tenha todos os episoidos desse anime com legenda em português ?

  10. avatar Silvina disse:

    Gostei da matéria, mas acho que vou ter que criar muita coragem para assistir. Esse negocio de que sejam noivas, sei lá…

  11. avatar Rodrigo Kupfer disse:

    Bom, eu nao to de parabens porque nao li a materia toda massss eu me lembro de na epoca de consumir as revistas que saiam ter visto algo sobre elas inclusive com essas mesmas imagens daqui,

    Aproveitando a oportunidade seria interessante voces falarem sobre essas series meio parecidinhas com Sailor Moon.

  12. avatar Fernanda disse:

    Muito obrigada, Tadeu! 😀

    Mas no site tem legenda em português?
    Meu inglês não é nenhum pouco fluente… 😡

  13. avatar Sailor May disse:

    Que legal!! Eu quase cheguei a sugerir uma matéria sobre a série, mas fiquei com medo de ser perseguida pelos moonies mais fanáticos rsrsrs (e olha que eu mesma sou um deles XD)
    Eu assisti toda a série já tem um bom tempo, vi legendado em inglês no Youtube e li o mangá em inglês no http://www.onemanga.com/
    Sinto-me em relação à Wedding Peach como me sinto em relação à comparação Digimon/Pokémon. Pode até ser que foi uma cópia feita descaradamente pelos produtores para embarcar no sucesso (aqui leia-se: $$$) de Sailor Moon, mas WP tem cara própria. E, na minha opinião, é um excelente anime. A história que serve de pano de fundo pra história é muito bonita, eu gosto das sequências de transformação e o character design da série (ok, vou apanhar agora) é em geral bem mais bonito e bem trabalhado do que no anime de Sailor Moon… *corre*
    Outro ponto positivo de Wedding Peach é o fato da série ser curta, o que não a torna redundante em si mesma. E disso a gente entende bem, né rsrsr

  14. avatar adriele disse:

    EU COFESSO EU ASSISTO WEDDING PEACH(mas começei recentemente,ainda tõ no ep 10)e acho q é como se colocassem um clone da usagi(ou mais da chibiusa…)pra lutar com vestido de noiva,apesar disso eu rio e acho que a historia embora seja muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito parecida com sailor moon,tem coisas originais(tipo uma menina q luta de vestido de noiva)e eu recomendo!
    ps:jama-p vc é tão kawaii!!!!!!!!!!!!

  15. avatar Asuna Hatsune disse:

    Pra quem quiser assistir, esse fansub http://nadja-applefield.zip.net/ está traduzindo em PRTUGUÊS (do Brasil, claro) 😀

  16. avatar Andre Luiz disse:

    Muito Obrigado Asuna por compartilhar este fansub, agora posso assistir este anime.

  17. avatar Lu disse:

    Gente, os episódios estão disponíveis no site abaixo para download. 😉

    http://nadja-applefield.zip.net/wedding_peach.html

  18. avatar LunaTsukino disse:

    Verdadeiro dossiê Peach ;D Parabéns, Clow, adorei!!

    PS: a descrição da Hinagiku NEM me lembrou a Makoto.. =P

  19. avatar Fabio disse:

    Ótima matéria! Conheço a série há alguns anos e já li o mangá completo e acabei de assistir o anime (incluindo o DX) mais uma vez. Gosto muito, adoro a Salvia desde antes mesmo de assistir (inclusive estou usando imagem dela no Facebook com essa brincadeira de “dia das crianças”) e realmente dá pra lembrar muito de Sailor Moon, mas a história é completamente diferente até na forma mesmo que é conduzida (em SM é tudo mostrado já no início e depois vai se desenvolvendo, em WP as coisas vão evoluindo mais naturalmente), então é interessante de forma muito particular. Parabéns, adorei! PS: Não vejo nada de engraçado na Potamos, ela é a personagem mais irritante do anime! >_<

  20. avatar Cure Rosw disse:

    Ai que chique,vou pedir uma imagem esclusiva pra mim!

  21. Em qual site posso ver ou baixar?

  22. avatar Larc disse:

    Então pessoal do SOS, Wedding Peach teve os direitos de distribuição adquiridos pela SATO Company nos anos 90, junto com Kojiro (de Masami Kurumada). A Sato tentou de todas as formas colocar a série na TV, mas o fracasso comercial de Sailor Moon (os brinquedos encalharam e os licenciados não viram lucro) fez com que esse tipo de produção (100% shoujo) ficasse um tanto mal vista. A FlashStar (Focus Filmes!) adquiriu a licença para o lançamento de Kojiro e deixou em “stand by” as anjas do amor, só que como os lançamentos no período não tiveram um retorno interessante (e a licença para trabalhar com a série não era barata pois o Sato queria recuperar o investimento a qualquer custo!) a empresa engavetou o projeto. Não houve dublagem, mas aposto que a Marli seria escalada XD. A momoko é a “cara dela” :P.

  23. avatar Macksuel Graça disse:

    Encontrei a prova em verdade que Wedding Peach chegou sim ao Brasil pela flash Star

    Entrevista:
    Nelson Akira Sato
    O senhor também chegou a trazer a série Wedding Peach pra cá?

    Wedding Peach foi somente em video pela Flashstar.
    Nota do JBOX: Da mesma forma que a Flashstar adquiriu os 7 OVAs de animação do Robô Gigante e só lançou 1 volume, a empresa dquiriu a série Wedding Peach, mas nunca lançou.
    fonte:http://www.jbox.com.br/entrevistas/nelson-sato/