avatar

18 de outubro de 2009

Cobertura Shoujo: Fresh Pretty Cure 37

Primeiro, as últimas de Sailor Moon:

Vamos realizar uma pesquisa, em nome do SOS Sailor Moon Project e do Luiz Angelloti, que será a nossa primeira ferramenta para avaliar a possibilidade de trazer a série novamente para o Brasil em 2010. Todo o questionário já está pronto e aprovado pelo licenciador. A pesquisa vai ser lançada essa semana, então vamos precisar da participação de todos! Mais novidades em breve.

O Sailor Moon Channel, no dia 15/10, acrescentou mais um ato de Sailor Moon Super S – Atc 7: Guardian Dream. Nele, as Outer Senshi reaparecem para chutar o traseiro das Amazoness Quartet. Uranus e Neptune arrasam, bee! Muito emocionante!

  

Agora uma parte bem legal da notícia. Iremos acompanhar os próximos capítulos de Fresh Pretty Cure, Shugo Chara Party e trazer as informações em primeira mão sobre cada capítulo. São os mahou shoujo do momento e o SOS não vai ficar fora dessa cobertura. Se vocês souberem de outros animes do estilo, deixa no comentário pra gente procurar, ok? Então vamos começar:

Fresh Pretty Cure #37 – Proteja Chiffon! O novo poder das Pretty Cure

Yay! Domingo! Finalmente pudemos ver o tão esperado ataque em grupo das guerreiras “naipe de baralho”. Abaixo um pouquinho de spoiler, então cuidado se não quiser saber o que acontece.

Neste capítulo de Fresh Pretty Cure (#37), Peach, Berry, Pine e Passion decidem treinar para conseguirem proteger Chiffon das investidas da mais nova e poderosa vilã do grupo Labirynth, Nooza. O grupo está atrás da mascote porque ela é a entidade “Infinity”, que tem o poder de unir todos os mundos existentes em um só.

Sabendo da angústia das meninas, Miyuki, a professora de dança, decide ajudá-las e se proclama a “Treinadora das Pretty Cure”. Ela as leva para um quartel general de sua família, onde faz um rigoroso treinamento para aperfeiçoar as habilidades individuais de cada uma. Berry é expert nos ataques com chute, Pine é a mais veloz, Passion domina a esquiva e Peach é hábil com os socos. Mas Myuki percebe que algo está faltando neste quebra cabeça: trabalho em equipe. Dessa forma ela decide realizar um treinamento ainda mais difícil – elas precisam dançar juntas. As garotas não entendem o motivo e acabam brigando.

No meio disso tudo, Chiffon entra em estado catatônico “Infinity” e Wester aparece em posse de uma semente de Sorewatase (o mais novo vilão do dia, bem mais forte do que os usuais) e as Cures apanham pra caramba. No entanto, elas percebem que, para lutar, elas precisam unir seus sentimentos em um só. Daí nasce o power up com a ajuda do item Clover Music Box: Lucky Clover Grand Finale! Para usá-lo, as meninas utilizam seus celulares para liberar uma energia de plasma em forma de coração. Cá entre nós, a animação é boa. A ideia de fazer o ataque como uma corrida de atletismo foi inovadora, ainda mais com o “passe da bandeira” formando o símbolo do trevo. Mas, como sempre em Fresh Pretty Cure, faltou impacto no final… o grand finale foi bem fraquinho. Queria mais um Explosion, como o de Yes Precure 5, pra detonar o bichinho. Veja-o abaixo.

 

Ah, até no capítulo anterior, a prévia do Lucky Clover Grand Finale foi mais impactante. A Toei bem que podia misturar a duas sequências, né? Ia ficar mara.

bjocomentem!

bjonostuíta!

Comments are closed.